Buenos Aires bairro a bairro: La Boca

Não tem como ir a Buenos Aires pela primeira vez e não incluir em seu roteiro o passeio pelo bairro La Boca. Além de ser ter um dos maiores cartões postais da capital portenha, lá também fica o famoso estádio do Boca Juniors, mais conhecido como La bombonera.

Decidimos fazer esse passeio no sábado, porque seria um dia com um número maior de turistas.

Peraê Xan, você está dizendo que prefere o final de semana porque tem turistas? Mas não é melhor um lugar que não esteja tão cheio de pessoas?

Eu acredito que sim, mas ouvi tanta coisa sobre o bairro, sobre o quanto é perigoso pela quantidade de malocas que tem por lá, teve até um relato em um fórum que acompanho que as crianças do bairro estavam jogando pedras nos ônibus turístico, por isso ele não aconselhava utilizar esse tipo de transporte e nem um passeio naquele bairro. Mas tudo o que encontrei lá foi um pessoal alegre e muito simpático. 🙂

[divider2]

Começamos pelo estádio do Boca Juniors, o La bombonera. Você já entra pela “lojinha” do time onde é possível encontrar todo tipo de souvenirs, além das camisas do Club Atlético Boca Juniors e agasalhos. Ali mesmo fica a bilheteria do Museo de La Pasion Boquense o museu que conta toda a história do Boca Juniors desde seu nascimento até as conquistas atuais. Os ingressos custam $40 sem a entrada no estádio e $45 para conhecer o gramado.

Sinceramente? Não achei nada demais. Eu acompanho, mas não sou nenhum fanático por futebol, talvez por isso não tenha dado tanto impacto pra mim. Ok, tem lá sua história, vários campeonatos, mas ainda sim não achei grandes coisas. Diferente de uma meia duzia que pagou um pouco mais para tirar fotos dentro do gramado boquense.

De lá seguimos a pé mesmo para o Caminito, que é uma espécie de rua-museu. O lugar adquiriu significado cultural devido a ter inspirado a música do famoso tango Caminito (1926), composta por Juan de Dios Filiberto. É uma rua pequena onde você encontra várias obras de artes, além de restaurantes, lojas e até uma galeria que é quase impossível sair de lá sem pelo menos com um imã de geladeira.

Uma curiosidade bacana é que essa região possuem casas construídas com tábuas de madeira, placas e telhas de metal e pintados com muitas cores. Cores estas que deram ao pintor argentino Benito Quinquela Martín, a ideia de recuperar o lugar. Foi então que junto com alguns amigos/vizinhos, Quinquela restaurou as ruas do Caminito que mais tarde foi nomeado como patrimônio cultural de Buenos Aires.

A importância cultural do lugar fez de Caminito um centro cultural e turístico por si só.

Tem até cosplay de Maradona..rs

O melhor de visitar o bairro La Boca é que você não vai precisar fazer isso novamente em sua próxima visita a Buenos Aires, assim você reserva um tempo maior para passear por Puerto Madero, a próxima parada do Blog do Xan. 🙂

Leia também:

Buenos Aires bairro a bairro: Centro

Buenos Aires bairro a bairro: Recoleta

Comentários

Você pode gostar

1 comment

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. * Campos obrigatórios.

Você pode usar estas tags HTML tags e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>