Buenos Aires bairro a bairro: Recoleta

Se fosse um morador da cidade de Buenos Aires, com certeza o bairro da Recoleta seria um dos lugares que você escolheria para morar. Acredito que de todos os bairros de Buenos Aires, este é o que mais se assemelha das construções e o clima europeu. Pensa em um bairro extremamente calmo, com várias lojas (a maioria de grifes internacionais – mas já vale a vitrine..rs), restaurantes e ruas charmosas que ainda dá mais vontade de dormir e acordar aqui todos os dias, assim é a Recoleta.

Aqui também se encontra outras dezenas de pontos turísticos que valem a visita. Como o Cementerio de La Recoleta, que é onde descansa os restos mortais de Eva Perón, mais conhecida como Evita – ícone da Argentina. Uma curiosidade sobre o jazigo da Família Duarte é que somente o lugar onde está Evita e o ex-presidente Perón é que possui um 2º subsolo e é incapsulado em uma redoma de vidro blindado. Ah.. é o único túmulo onde tem flores frescas nos 365 dias do ano. O cemitério em si é um lugar bem bonito (eita que frase estranha..rs), mas é verdade. A maioria dos túmulos são de características góticas que dá ao lugar aquele “clima sombrio” que deixa o passeio muito mais intrigante.

Saindo do cemitério e seguindo na mesma calçada está Centro Cultural Recoleta, onde sempre tem eventos culturais e exposições sobre o bairro. Mais abaixo já damos de cara com o Buenos Aires Design, uma espécie de shopping design onde você encontra móveis e itens de decoração. Lá também fica a Morph, uma loja cheia de itens – alguns até baratinhos – para sua casa, imagine uma loja da Imaginarium gigante e cheia de coisas legais e criativas? É lá que você vai encontrar. Ali, aos finais de semana, também acontece um feirinha artesanal com vários itens de couro, bijuteria, pedras e essas coisas mais hippie style.

[divider2]

Atravessando a Avenida Del Libertador, você chega na calçada do Museo Nacional de Bellas Artes e travessando de novo, agora a Avenida Figueroa Alcorta está a Faculdad De Derecho y Ciencias Sociales, a mais importante do país e que está situada em um prédio de arquitetura monumental.. por uma fração de segundo (tá beleza, um milésimo de segundo) você acredita estar na Grécia antiga com aquele parthenon gigante na sua frente!

Ali do lado está um outro ponto turístico e ícone de Buenos Aires, Floralis Genérica que fica na Plaza de las Naciones Unidas, que foi um presente do arquiteto argentino Eduardo Catalano. Essa escultura metálica tem 23 metros de altura e uma das suas principais características é a abertura e o fechamento da flor. É um sistema elétrico que abre automaticamente e fecha as pétalas, dependendo da hora do dia. Durante a noite a flor fecha e acende um brilho vermelho e ela volta a abrir pela manhã. Este mesmo mecanismo que abre a flor faz com que esta se feche na presença de ventos fortes. Ele abre todas as manhãs às 8h e termina ao pôr do sol, em um horário que varia conforme a estação. É sensa e ela é bonitona.

Agora subindo um pouco, lá para Avenida Santa Fé, no número 1860 precisamente, está a Livraria El Ateneo Grand Splendid, que já foi teatro, cinema e atualmente é uma das livrarias mais importantes de Buenos Aires e não deixa de ser um ponto turístico.

O palco se transformou em um charmoso – e gostoso – café. Nas laterais, onde antes eram os camarotes, viraram salas de leitura com poltronas hiper confortáveis, ficaria horas ali sem problema algum.

Fala sério, que lugar lindo né? Com tantas atrações assim, me diz se você não gostaria de ser um dos moradores do bairro mais charmoso da capital portenha? 🙂

Comentários

Você pode gostar

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. * Campos obrigatórios.

Você pode usar estas tags HTML tags e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>